Análise Espacial com gvSIG para Instalação de Aterro Sanitário

SIG-gvSIG GISNesta matéria indicamos um artigo onde é apresentado um interessante estudo de caso de utilização de análise espacial complexa, no ambiente do software gvSIG, para identificação de áreas adequadas à instalação de aterro sanitário. Os resultados obtidos indicam que a realização dessas atividades de planejamento geoespacial, com o uso de Geotecnologias livres é totalmente viável.

USO DE SOFTWARE LIVRE NA ANÁLISE GEOESPACIAL

O artigo em questão tem o seguinte título: Utilização de software livre para Análise Geoespacial – Estudo de Caso: Seleção de Área para Instalação de Aterro Sanitário.

Os autores do trabalho, Rodrigo Campi Sperb, Rafael Medeiros Sperb, Carlos Henrique Bughi, e Luís Vinícius Mundstock Porto de Souza, explicam que foram definidos os seguintes critérios técnicos para escolha de uma área adequada para implantação de um aterro sanitário:

  • Distância mínima de cursos d’água;Utilização de software livre para Análise Geoespacial – Estudo de Caso: Seleção de Área para Instalação de Aterro Sanitário
  • Distância mínima de vias;
  • Distância mínima e máxima de núcleos populacionais;
  • Tipo de solo e
  • Declividade do terreno.

Recomendo que leia: Análise Geoespacial – Um Guia Completo

Como bem comentado no artigo, a seleção criteriosa de área para implantação de aterro sanitário é fundamental para a manutenção da qualidade ambiental de uma região, uma vez que não se pode escapar da necessidade desses empreendimentos no contexto atual da sociedade.

A área escolhida para o estudo de caso abrange os municípios de Itajaí, Itapema, Camboriú e Balneário Camboriú, no estado de Santa Catarina. O gvSIG foi o principal programa de Sistemas de Informações Geográficas utilizado no desenvolvimento deste projeto.

Localização das áreas selecionadas para implantação de aterro sanitário considerando solução por município

A análise geográfica realizada no ambiente do gvSIG permitiu identificar áreas adequadas para implantação de aterro sanitário na área do estudo de caso, de acordo com os critérios de exclusão e inclusão de áreas definidos.

DOWNLOAD: GVSIG E ANÁLISE ESPACIAL

O estudo de caso avaliado no trabalho ilustra muito bem que é possível realizar análises espaciais de natureza complexa, ou seja, englobando vários critérios e/ou fatores), com o uso de uma dessas ferramentas SIG de código aberto, gratuitas, disponíveis, neste caso, o gvSIG.

Baixe sua cópia da matéria a partir do site acessível pelo link abaixo:

Abaixo você encontra matérias que podem ampliar seu conhecimento sobre o tema abordado neste post:

Compartilhe nas redes sociais

WhatsApp
Facebook
Twitter
LinkedIn
Email
Anderson Medeiros

Anderson Medeiros

Graduado em Geoprocessamento pelo Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia da Paraíba (IFPB). É o autor do site https://clickgeo.com.br que publica regularmente, desde 2008, artigos dicas e tutoriais sobre Geotecnologias, suas ferramentas e aplicações.
Em 2017 foi reconhecido como o Profissional do ano no setor de Geotecnologias. Atua na área de Geoprocessamento desde 2005.

Artigos relacionados

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Pesquisar
Inscreva-se
Receba nossa Newsletter por E-mail

Cadastre-se Gratuitamente em nossa Lista VIP e receba nossas novidades por e-mail. Siga nosso Instagram @clickgeo.cursos e nosso Canal no Youtube para continuar atualizado sobre o Mundo do Geoprocessamento e Produção de Mapas!

Sobre Anderson Medeiros

Ele já foi reconhecido como o Profissional do Ano no Brasil no setor de Geotecnologias. Graduado em Geoprocessamento, trabalha com Geotecnologias desde 2005. Já ministrou dezenas de cursos de Geoprocessamento com Softwares Livres em diversas cidades, além de outros treinamentos na modalidade EaD. Desde 2008 publica conteúdo sobre Geoinformação e suas tecnologias como QGIS, PostGIS, gvSIG, i3Geo, entre outras.

Temas
Temas:
Arquivos
Arquivos: