Artigo sobre Uso Prático de Python e ArcGIS

Artigo sobre Uso Prático de Python e ArcGIS

O artigo que iremos divulgar aqui tem por objetivo a consolidação dos conhecimentos teóricos e práticos adquiridos em sala de aulas pelos autores na disciplina de Tópicos Especiais em Processamento de Dados, desde o cálculo das medidas estatísticas baseadas em tabelas e layers no formato shapefile desenvolvendo scripts (Python) com ferramentas do ArcGIS.

PUBLICAÇÃO SOBRE USO DE PYTHON E ARCGIS

O título do artigo é Uso de Python e ArcGIS na Avaliação da acessibilidade das Populações Rurais ao Ensino Básico – Caso do distrito de Chicualacuala. A área de estudo, portanto, fica em Moçambique, no sudeste do continente africano.

A utilização do Python permite gerar scripts que podem rodar de forma automática a análise espacial no ArcMap e facilitando assim o manuseio do SIG para o usuário final. Por exemplo: selecionando o tamanho do buffer de interesse, como também os nomes dos layers e/ou tabelas. Com isso é obtida uma maior generalização dos resultados, pois áreas distintas podem ser analisadas facilmente apenas trocando os parâmetros de entrado do script.

A partir do ambiente ArcMap pode-se acessar a janela do Python (Python window), onde desenvolve-se o script importando a biblioteca arcpy a partir da qual, chama-se a ferramenta Buffer_Analysis, conforme ilustrado abaixo.

Uso de Python e ArcGIS na Avaliação da acessibilidade das Populações Rurais ao Ensino Básico – Caso do distrito de Chicualacuala

Com o emprego da tecnologia SIG sob bases espaciais de qualidade, os fatores de decisão para a determinação das novas localizações escolares passam a privilegiar a localização precisa do educando em detrimento dos limites administrativos.

Uso de Python e ArcGIS na Avaliação da acessibilidade das Populações Rurais ao Ensino Básico

A partir dos resultados explanados no estudo nota-se que, de um universo de 48 escolas do ensino básico do distrito de Chicualacuala, distribuídas espacialmente sob um território com uma população organizada em 68 aldeias, apenas 31 aldeias correspondentes a 45,6% é que percorrem distâncias não superiores a 3 km para alcançar as escolas mais próximas.

DOWNLOAD DO ARTIGO SOBRE ARCGIS E PYTHON

O artigo está disponível para download nos Anais do V SIMGEO, realizado em Recife/PE dias 12-14 denovembro de 2014.

Para entender melhor a metodologia empregada no trabalho, acesse o link abaixo:

Os autores da publicação são Raúl Afonso Cumbe e Ana Lúcia Benzerra Candeias, que atualmente possuem vínculo com o programa de pós-graduação em Ciências Geodésicas e Tecnologias da Geoinformação da UFPE.

Temos outras dicas de leitura relacionadas com estas temáticas (Python e ArcGIS):

Compartilhe nas redes sociais

WhatsApp
Facebook
Twitter
LinkedIn
Email
Anderson Medeiros

Anderson Medeiros

Graduado em Geoprocessamento pelo Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia da Paraíba (IFPB). É o autor do site https://clickgeo.com.br que publica regularmente, desde 2008, artigos dicas e tutoriais sobre Geotecnologias, suas ferramentas e aplicações.
Em 2017 foi reconhecido como o Profissional do ano no setor de Geotecnologias. Atua na área de Geoprocessamento desde 2005.

Artigos relacionados

4 thoughts on “Artigo sobre Uso Prático de Python e ArcGIS

  1. Selena Lopes Carvalho disse:

    Olá,
    Entendo, obg pela resposta.
    Att,

    1. Oi Selena, como vai?
      Infelizmente, o site onde os artigos estavam hospedados não estão mais disponíveis. Tentei entrar em contato com os organizadores do evento, mas até aqui não tive resposta.
      Um abraço.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Pesquisar
Inscreva-se
Receba nossa Newsletter por E-mail

Cadastre-se Gratuitamente em nossa Lista VIP e receba nossas novidades por e-mail. Siga nosso Instagram @clickgeo.cursos e nosso Canal no Youtube para continuar atualizado sobre o Mundo do Geoprocessamento e Produção de Mapas!

Sobre Anderson Medeiros

Ele já foi reconhecido como o Profissional do Ano no Brasil no setor de Geotecnologias. Graduado em Geoprocessamento, trabalha com Geotecnologias desde 2005. Já ministrou dezenas de cursos de Geoprocessamento com Softwares Livres em diversas cidades, além de outros treinamentos na modalidade EaD. Desde 2008 publica conteúdo sobre Geoinformação e suas tecnologias como QGIS, PostGIS, gvSIG, i3Geo, entre outras.

Temas
Temas:
Arquivos
Arquivos: