5 Artigos sobre Uso Prático do QGIS

Quantum GIS - ArticleO Quantum GIS (QGIS) é um software fantástico! A comunidade internacional de usuários tem crescido e se fortalecido cada vez, inclusive no Brasil. Bastante conteúdo de qualidade tem sido publicado sobre este robusto software para Sistemas de Informações Geográficas (SIG) nos mais diversos formatos. Nessa matéria você confere a indicação de cinco dos muitos artigos científicos que têm sido publicados em português sobre o QGIS.

1. USO DO QGIS PARA CLASSIFICAÇÃO DA COBERTURA DA TERRA

No artigo Classificação da Cobertura da Terra, Utilizando os Programas Livres: InterIMAGE, WEKA e Quantum GIS procurou-se ter como objetivo mostrar o uso de programas livres e gratuitos para classificar a cobertura e uso da terra, utilizando técnicas de mineração de dados e análise orientada a objeto.

Imagem GeoEye-1 e amostras coletadas

Faça o download deste trabalho, publicado nos anais do XVI Simpósio Brasileiro de Sensoriamento Remoto usando o link abaixo:

  • Classificação da Cobertura da Terra utilizando o QuantumGIS

2. QGIS E GOOGLE EARTH PARA DELIMITAÇÃO DE APP DE SUB-BACIA

O artigo Uso do Quantum GIS e Google Earth para delimitação e análise de áreas de preservação permanentes da sub-bacia do córrego Água Branca em Goiânia é um excelente exemplo de uso conjunto das ferramentas de Geotenologias como solução para projetos relacionados à análise ambiental.

Baixe sua cópia do artigo a partir do link abaixo indicado.

  • Uso do QGIS e Google Earth para delimitação e análise de áreas de APP

Leia Também: Delimitação das Áreas de Preservação Permanente – Buffer – ArGIS

3. SIG COM QGIS PARA ANÁLISE DE ACIDENTES DE TRÂNSITO

O tema Uma Aplicação baseada em SIG para Análise de Acidentes de Trânsito: Estudo de caso na Rodovia BR – 101/ES foi abordado em um interessante artigo publicado recentemente.

Um aspecto interessante da matéria científica é que ilustra a operação onde os valores das células de um modelo digital de elevação foram calculados pelo método de interpolação IDW (Inverse Distance Weighting) ) do pluginInterpolation” do Quantum GIS.

Aplicação baseada em SIG para Análise de Acidentes de Trânsito

O artigo está disponível para download gratuito no link abaixo:

  • QGIS – SIG para Análise de Acidentes de Trânsito

4. UTILIZAÇÃO DO QGIS PARA GESTÃO URBANA EM MUNICÍPIOS

Outro artigo muito interessante aborda a Utilização de Softwares Livres de Geoprocessamento para Gestão Urbana em Municípios de Pequeno e Médio Porte.

Imagem da interface de trabalho do software Quantum GIS

Um aspecto muito interessante deste artigo é a análise e comparação entre o Quantum GIS e outros dois populares programas para SIG, o TerraView e o gvSIG.

Faça o download desta publicação do IV Simpósio Brasileiro de Ciências Geodésicas e Tecnologias da Geoinformação no link abaixo:

  • QGIS para Gestão Urbana em Municípios de Pequeno e Médio Porte

5. EDITORAÇÃO CARTOGRÁFICA COM QUANTUM GIS

Por fim, o artigo Realização do Processo de Editoração Cartográfica Utilizando Aplicativos Livres de Geoprocessamento explica como o QGIS foi utilizado na edição da geometria das feições, como no caso das linhas das curvas de nível, as quais em alguns casos não formavam uma poligonal fechada, impossibilitando a criação de polígonos.

Este trabalho, publicado nos Anais XV Simpósio Brasileiro de Sensoriamento Remoto (2011), pode ser baixado no link a seguir:

  • Editoração Cartográfica Utilizando o Quantum GIS
Esta matéria foi construída tendo por base um tópico publicado na lista de discussão do Grupo Quantum GIS Brasil onde dois membros (Helder Gramacho e Benjamim Pereira Vilela) deram sua contribuição indicando links para estes e outros artigos (estrangeiros) sobre o QGIS.
Já conhecia estas publicações? Você conhece outros artigos, em português, que abordam o uso prático do Quantum GIS? Deixem seus comentários.

Compartilhe nas redes sociais

WhatsApp
Facebook
Twitter
LinkedIn
Email
Picture of Anderson Medeiros

Anderson Medeiros

Graduado em Geoprocessamento pelo Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia da Paraíba (IFPB). É o autor do site https://clickgeo.com.br que publica regularmente, desde 2008, artigos dicas e tutoriais sobre Geotecnologias, suas ferramentas e aplicações.
Em 2017 foi reconhecido como o Profissional do ano no setor de Geotecnologias. Atua na área de Geoprocessamento desde 2005.

Artigos relacionados

18 respostas

  1. Excelente site, sou Coordenador da DefesaCivil de Taubaté/SP técnico Agrimensor, gostaria de apreender elaborar mapas de risco, pontos de alagamento etc. Parabéns pelo material publicado.

  2. Muito bom mesmo Anderson, Faço Geoprocessamento no Instituto Federal de Educação de Goias, Gostaria de saber se vai sair alguma explicação de Reamostragem de Raster no QGis!!

    Obrigado.

  3. Vamos dar força para as pessoas que querem estudar topografia.

  4. Prezado, Anderson. Achei interessantíssimo o artigo USO DO QGIS PARA CLASSIFICAÇÃO DA COBERTURA DA TERRA o qual foi recomendado pelo professor de Geoprocessamento Cássio Marcelo da Faculdade Área1 de Salvador-BA. Já havia conversado com o prof.º Cássio sobre a minha proposta de TCC de Engenharia Ambiental no qual pretendo classificar o uso e ocupação do solo de uma bacia hidrográfica de aproximadamente 450 Km². Nessa proposta utilizarei ortofotos e o InteIMAGE me pouparia muito trabalho, mas não estou conseguindo instalá-lo no meu Win7 32 bits mesmo executando versão compatível. Vc sabe se tem alguma ferramenta do QGIS ou do ArcGIS semelhante a ferramenta de classificação de uso do solo do InterIMAGE?

    Outra dúvida é que não consigo instalar os complementos do QGIS “Openlayers overview”, “GMap overview” e “OpenLayers Plugin”. Será que há algum problema de compatibilidade com o meu sistema Win7 32 bits, ou será que o problema está nos repositórios? Vc tem algum tutorial que me ajude a resolver isso.

    Obrigado!!!

  5. Fala Rafael, beleza? Cara, modestamente, se agente puder dar uma força, porque não?

  6. Anderson boa tarde. É muito satisfatório vermos o quanto o QGIS vem crescendo. Há pouco mais de um ano iniciei sua utilização juntamente com o Spring (Inpe) para conclusão de uma especialização. A orientadora, à época, destacou o trabalho e relatou a indagação de não saber o porquê de algumas pessoas discriminarem o uso de softwares livres. Bem, lamento por elas, pois estes programas, em minha opinião, não devem nada a nenhum outro. Salvem os softwares livres! E salvem os blogs, como esse, que difundem seu uso e suas qualidades!
    Grande abraço.

  7. Olá, Anderson… mais uma vez, parabéns pelo site…
    Abraços!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Pesquisar
Inscreva-se
Receba nossa Newsletter por E-mail

Cadastre-se Gratuitamente em nossa Lista VIP e receba nossas novidades por e-mail. Siga nosso Instagram @clickgeo.cursos e nosso Canal no Youtube para continuar atualizado sobre o Mundo do Geoprocessamento e Produção de Mapas!

Sobre Anderson Medeiros

Ele já foi reconhecido como o Profissional do Ano no Brasil no setor de Geotecnologias. Graduado em Geoprocessamento, trabalha com Geotecnologias desde 2005. Já ministrou dezenas de cursos de Geoprocessamento com Softwares Livres em diversas cidades, além de outros treinamentos na modalidade EaD. Desde 2008 publica conteúdo sobre Geoinformação e suas tecnologias como QGIS, PostGIS, gvSIG, i3Geo, entre outras.

Temas
Temas:
Arquivos
Arquivos: