Geoestatística e Sensoriamento Remoto na Agricultura

Geoestatística e Sensoriamento Remoto na Agricultura

A agricultura é uma dos ramos de atividade humana que interessa a praticamente todos nós. Afinal, todos precisamos nos alimentar dos seus produtos. Isso faz com que a agricultura seja um dos mais amplos nichos de aplicação prática das Geotecnologias. Veja nesta matéria alguns comentários sobre uma Tese de Doutorado envolvendo Sensoriamento Remoto e Geoestatística no contexto  da agronomia.

SENSORIAMENTO E GEOESTATÍSTICA NA AGRONOMIA

A tese de doutorado com o título Geoestatística, simulação estocástica e Sensoriamento Remoto na Estimativa de Produção do Café Conilon é uma excelente dica de leitura para quem quer entender melhor a aplicação das tecnologias do Geoprocessamento na agronomia.

O autor, Waylson Zancanella Quartezani, teve por objetivo estimar e simular a produção de café maduro por meio de técnicas Geoestatísticas e de Sensoriamento Remoto (SR). Foram usadas imagens de satélite para a predição da produção e determinação de áreas de incerteza.

Mapas dos Índices de Vegetação usados como dados secundários

No tocante a aspectos conceituais o trabalho apresenta fundamentos em SIG, comportamento espectral e índice de vegetação, variogramas, krigagem, simulação estocástica, aplicação do Geoprocessamento na cafeicultura, variabilidade espacial, entre outros.

TESE SOBRE GEOTECNOLOGIAS NA AGRICULTURA

Para fazer o download gratuito desta publicação científica, publicada em 2012, clique no link abaixo.

O programa escolhido para análise geoestatística foi o geoMS. O Idrisi foi empregado para o pré-processamento da imagem de satélite e para os cálculos de índices de vegetação. A parte gráfica visual dos mapas e modelo digital de elevação da malha irregular, foram construídos nos programas Surfer.

Para aprender mais sobre Sensoriamento, Geoestatística e Agricultura, leia as seguintes matérias:

Aguardamos os seus comentários.

Compartilhe nas redes sociais

WhatsApp
Facebook
Twitter
LinkedIn
Email
Anderson Medeiros

Anderson Medeiros

Graduado em Geoprocessamento pelo Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia da Paraíba (IFPB). É o autor do site https://clickgeo.com.br que publica regularmente, desde 2008, artigos dicas e tutoriais sobre Geotecnologias, suas ferramentas e aplicações.
Em 2017 foi reconhecido como o Profissional do ano no setor de Geotecnologias. Atua na área de Geoprocessamento desde 2005.

Artigos relacionados

One thought on “Geoestatística e Sensoriamento Remoto na Agricultura

  1. Juliane Soares de Avila disse:

    o link da tese não está mais disponível

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Pesquisar
Inscreva-se
Receba nossa Newsletter por E-mail

Cadastre-se Gratuitamente em nossa Lista VIP e receba nossas novidades por e-mail. Siga nosso Instagram @clickgeo.cursos e nosso Canal no Youtube para continuar atualizado sobre o Mundo do Geoprocessamento e Produção de Mapas!

Sobre Anderson Medeiros

Ele já foi reconhecido como o Profissional do Ano no Brasil no setor de Geotecnologias. Graduado em Geoprocessamento, trabalha com Geotecnologias desde 2005. Já ministrou dezenas de cursos de Geoprocessamento com Softwares Livres em diversas cidades, além de outros treinamentos na modalidade EaD. Desde 2008 publica conteúdo sobre Geoinformação e suas tecnologias como QGIS, PostGIS, gvSIG, i3Geo, entre outras.

Temas
Temas:
Arquivos
Arquivos: